Voltar

Por Alexandre Monteiro

O fim de ano bate à nossa porta e, com ele, uma das épocas mais procuradas pela população para viajar. Mas enquanto todo mundo está ansioso para chegar ao destino para celebrar as festas com suas famílias e seus amigos, imprevistos acontecem – e, de vez em quando, podem se transformar em emergências

Médicos especializados em situações mais urgentes costumam dizer que a maioria dos viajantes simplesmente esquece que também podem ficar doentes enquanto passeiam durante as férias ou um feriado. Mas o corpo humano é o corpo humano em qualquer situação, e pode reagir mal a alguma coisa – mudança de clima, alergias, comida, por exemplo – esteja você em casa ou em Paris.

Ficar doente sempre é ruim e, nestes casos, adiciona-se ainda a ansiedade por estar longe de casa e do seu conforto pessoal. Esteja você embarcando em um avião ou em um carro para viajar, especialistas dão as seguintes dicas para você aproveitar seus dias de descanso de forma segura e saudável.

Nunca viaje se você não estiver bem. Uma boa regra para ter em mente é: se você está doente antes de partir a ponto de pensar que não conseguiria ir trabalhar, provavelmente não deveria viajar, ainda que as reservas tenham sido feitas com bastante antecedência e seja bem frustrante desistir delas.

Faça um inventário de suas medicações antes de partir. É muito frequente que os viajantes esqueçam seus remédios. Prepare-se de antemão e liste todos os seus medicamentos. Se a viagem for de avião, leve-os na bagagem de mão: estarão ao seu alcance em uma emergência durante o voo e não se corre o risco de perdê-los se sua bagagem despachada for extraviada.

caution

Tire fotos das suas receitas médicas e de informações médicas importantes sobre você e mantenha-as no celular. Isso inclui listas de alergias a medicamentos, bulas de remédios ou exames feitos recentemente. Se você acabar no hospital, o médico saberá um pouco de seu histórico e saberá como ajudá-lo melhor.

Contrate um seguro-viagem, caso esteja viajando para o exterior, pois dificilmente seu plano de saúde vai cobrir gastos médicos internacionais. Veja algum com bom custo benefício, mas que preferencialmente inclua o transporte de emergência até um hospital (você deve estar mais atento ainda a isso caso esteja em uma área remota, como ilhas ou lugares no interior) e todo o atendimento de urgência. Caso contrário, seu bolso também vai ficar doente.

Dirija com cuidado. Quando as estradas estão mais movimentadas, como é o caso dos feriados, é mais importante do que nunca permanecer vigilante. Certifique-se de que está descansado e alerta, respeite os limites de velocidade, evite distrações como telefones celulares e faça paradas para se esticar. Se está com mais gente, organize um revezamento, para que ninguém fique muito cansado da estrada.

Não exagere. Durante uma viagem, é tentador comer e beber mais, mas os médicos avaliam que estas derrapadas na sua dieta habitual podem causar problemas de saúde. Ninguém quer que você deixe de aproveitar, mas moderação é a palavra-chave.

Se não está se sentindo bem enquanto viaja, procure ajuda o mais cedo possível. Às vezes, a pessoa está bem intencionada ao esperar “para ver se passa’, mas é melhor buscar atendimento já nos primeiros sintomas, para evitar que sua condição evolua para algo mais grave.


Fonte: CBS News
Imagens: Pexels