Voltar

Por Alexandre Monteiro

Uma das melhores maneiras de conhecer a Espanha é cruzar a península de carro. Claro que você não pode deixar o país sem visitar as maiores cidades – como Madri, Barcelona e Valência -, mas quando viaja de carro você verá um outro lado, muitas vezes desconhecido: as pequenas cidades.

Assim, talvez você pare para almoçar em uma pequena cidade montanhosa da região da Andaluzia ou uma vilazinha da Galícia te chame a atenção ao viajar pelas estradas costeiras. É uma delícia estar a mercê do destino ou das circunstâncias da viagem para chegar a esses pequenos paraísos, mas, caso você queira se programar, aqui vai uma lista das 9 mais bonitas pequenas cidades espalhadas pela Espanha – pois vale a penas visitá-las não apenas como “pit stops”, mas realmente como destinos.

Besalú, Catalunha

besalu-570773_1280

As pessoas da região da Catalunha são muito orgulhosas de sua própria história. E quando você caminha pelas ruas de Besalú ou atravessa o rio Fluvià por uma ponte construída no século 12, você sente que voltou no tempo. Essa charmosa vila tem apenas 2,5 mil habitantes e já foi a capital de um inteiro condado medieval.

Ronda, Andaluzia

ronda-965300_1280

Parte da graça de viajar pela Andaluzia é observar a quantidade de povoados cujas casinhas são todas brancas, dando uma uniformidade muito peculiar à região. Como se não bastasse a arquitetura moura e as ruas que mais parecem um labirinto, a localização de Ronda é perfeita: no alto de montanhas de onde se pode ter vistas exuberantes e três pontes sobre os canions que são verdadeiras obras-primas de engenharia.

Albarracín, Aragão

albarracin-1489089_1280

Casinhas rosas, laranjas e vermelhas ocupam esta cidade isolada, localizada em um vale, nas margens do rio Guadalaviar. Depois de ser destruída durante a Guerra Civil Espanhola, o governo restaurou as residências e as ruas mantendo suas raízes medievais e preservando sua história, que começou em 1.012.

Benasque, Pireneus

benasque-valley-1830320_1280

Esta vila é rodeada pelos mais altos picos da cordilheira dos Pireneus. Além da arquitetura característica da região, formada por mansões aristocráticas, chama a atenção os pequenos restaurantes que servem comida em panelas de barro e são aconchegantes para aproveitar uma caneca quente de café. É um lugar perfeito para quem gosta de aventuras como esqui, observação de aves, trilhas e cachoeiras.

Cudillero, Astúrias

cudillero-1174032_1280

Ao contrário das cidades monocromáticas do interior da Espanha, essa vila pesqueira no golfo da Biscaia é uma explosão de cores. Cada casinha é pintada de um tom, dando uma identidade muito singular à pequena cidade. Há ainda, pequenas praias ao redor, que você pode aproveitar em vários bate-voltas.

Ávila, Castela e Leão

cathedral-573069_1280

Lugar popular para peregrinos católicos devido à associação com a famosa e mística Santa Teresa de Ávila, a região antiga da cidade é considerada pela Unesco um patrimônio mundial. Está a poucos quilômetros de Madri, sendo perfeita para um bate-volta de trem. Mas assim que você notar a iluminação dos muros da cidade à noite, a catedral no estilo gótico e a culinária do local, você vai querer ficar uma noite ou duas.

Cuenca, Castela-Mancha

bridge-1601630_1280

Outra linda cidade espanhola com séculos de história e também considerada patrimônio mundial pela Unesco, Cuenca de adaptou à sua localização acima dos rios. O resultado são as famosas “casas suspensas”, construídas na beira das montanhas com sacadas sobre o nada.

Combarro, Galícia

landscape-1591257_1280

A região é especial e esta cidade é uma pequena vila costeira junto ao estuário Ría de Pontevedra. É uma combinação muito bonita entre casinhas antigas, hórreos (uma espécie de celeiro) e pequenas embarcações.

Lekeitio, País Basco

harbour-1199234_1280

Uma linda basília gótica é o ponto alto desta vila que parece saída de um conto de fadas, mas é apenas o começo de uma longa lista de coisas a fazer, ver e comer. Aproveite as praias e escale até o topo da ilha San Nicolás para ter visões panorâmicas de tirar o fôlego.

Imagens: VisualHunt e Pexels