Voltar

Por Júlia Clozato

Quem já é um viajante assíduo ou quem pretende se tornar um já descobriu que o segredo para fazer boas viagens está no planejamento prévio. Quem consegue se organizar financeiramente até o momento da viagem acaba aproveitando mais, encontrando promoções e fazendo viagens de qualidade mesmo sem gastar uma fortuna. Para te ajudar a organizar suas finanças para que sua próxima viagem seja ainda mais incrível, separamos algumas dicas que podem fazer toda a diferença na hora de viajar. Quer saber mais? Continue lendo!


1. Organize suas finanças
O primeiro passo para quem está planejando uma viagem é organizar as finanças e fazer um bom controle financeiro. Antes mesmo de saber onde ir ou quanto tempo ficar, você precisa colocar suas despesas e receitas na ponta do lápis e avaliar quanto poderá economizar.
Feito isso, é hora de decidir para onde ir, quanto tempo ficar e quanto poderá gastar enquanto estiver lá. Eliminar alguns gastos que acabam sendo supérfluos também é muito importante (você precisa mesmo de 50 canais na TV a cabo?).

Hábitos como trocar refeições fora de casa pelo “faça você mesmo”, podem te ajudar bastante. Afinal, comer em restaurantes ou optar por um delivery pode acabar pesando no seu orçamento. Pequenos cortes como este poderão fazer grande diferença no valor final.

2. Mantenha o foco no seu objetivo
Se você tem um plano financeiro para sua viagem, é muito importante que você o siga à risca. Muitas coisas poderão te distrair no caminho, como comprar um celular novo, trocar o carro ou gastar mais do que deveria em compras no shopping.

Por isso, mantenha o foco e pense na recompensa que virá. Não será preciso abrir mão de tudo que você gosta, mas tome muito cuidado para não desviar o pé do orçamento e acabar comprometendo seu passeio.

3. Saiba investir suas economias
Depois de planejar e controlar seus gastos é preciso saber onde guardar o dinheiro que você economizou. Não dá para se esforçar tanto e jogar tudo por terra colocando o dinheiro debaixo do colchão.
Se você quer valorizar seu dinheiro de verdade enquanto economiza para viajar, é importante saber investir para que ele renda da melhor forma possível.

Algumas modalidades de investimento têm rentabilidades muito baixas, o que pode acabar fazendo seu dinheiro perder poder de compra. Um exemplo muito claro é o rendimento da poupança, que em alguns momentos pode ser menor que a inflação. Por isso, fique atento para não fazer aplicações que podem prejudicar seu objetivo.
Existem diversas opções para investir dinheiro enquanto planeja sua viagem. Mas, existem alguns detalhes que precisam ser observados. O primeiro deles é quanto à liquidez. Alguns investimentos possuem regras que solicitam que o investidor deixe o dinheiro aplicado durante determinado tempo antes de resgatar para evitar multas e encargos.

Avalie quanto tempo você tem até o momento da retirada e faça sua aplicação em modalidades que ofereçam o resgate dentro do tempo que você precisa. Afinal, você vai precisar ter acesso fácil ao seu dinheiro para cobrir os gastos com passagens aéreas, hospedagem e etc.

Para te ajudar na escolha, separamos 3 tipos de investimentos que têm boa liquidez e rendem mais que a poupança. Veja só:

Certificado de Depósito Bancário (CDB)
Os Certificados de Depósitos Bancários (CDBs) são títulos de Renda Fixa emitidos por bancos. É como se o investidor emprestasse dinheiro ao banco e recebesse o valor de volta acrescido de juros e correção.

Esta é uma opção muito segura, rentável e que costuma a permitir resgates antecipados sem perdas de rentabilidade. As regras do CDB podem variar de uma instituição para outra, por isso, fique atento aos detalhes antes de fazer suas aplicações.

Tesouro Direto
O Tesouro Direto é outra modalidade de Renda Fixa que oferece bastante segurança ao investidor. Nesse caso, em vez de emprestar dinheiro aos bancos, quem quer investir em títulos públicos faz uma espécie de empréstimo ao governo federal.

Quando o investidor quer resgatar seu dinheiro, ele pode vender os títulos de volta ao governo e receber o valor acrescido de acordo com as taxas que foram acordadas no início do contrato.

Outra vantagem deste tipo de investimento é que ele é muito acessível. Você pode comprar e vender seus títulos através da internet e o valor mínimo para começar a investir é de R$ 30. Eles também possuem liquidez diária, já que o governo se compromete a recomprar os títulos todos os dias.

Ações
Para quem busca melhores rentabilidades e liquidez, investir em ações também pode ser uma boa opção. O índice Bovespa, mais conhecido como Ibovespa, é composto por ações de grandes empresas e também costuma a oferecer boa liquidez por ser negociado com facilidade.

Em condições normais, o investidor recebe o dinheiro das ações que vendeu três dias depois. Tendo em vista que existem operações que duram apenas um dia, o investidor pode receber os lucros de seus investimentos muito rapidamente.

O Mercado de Ações é mais suscetível às oscilações, por isso não é possível garantir que em todas as operações o investidor conseguirá realizar lucros. Contudo, existem ferramentas e recursos que ajudam a amenizar os riscos e alcançar boas rentabilidades, que podem superar, inclusive, os ganhos em modalidades de renda fixa.

Depois de estruturar sua vida financeira e fazer suas economias, comece a investir e prepare-se para a sua próxima viagem. Com organização, um bom planejamento e aplicações rentáveis, você estará cada vez mais próximo de fazer as malas e seguir rumo ao destino que tanta sonha. Bons investimentos e boa viagem!

Texto por Toro Radar

Imagens: Pexels