Voltar

Por Alexandre Monteiro

Não é difícil entender por que Amsterdam é uma cidade tão visitada por turistas do mundo todo: é só dar uma volta de bicicleta ou a pé pelas ruas da capital holandesa para dar razão a todos eles! São construções charmosas, ciclovias, mil pontes, mais de 160 canais, paisagens que deixam qualquer um encantado, vida noturna agitada e cultura bem diversa. Mas também são passeios românticos, roteiros tranquilos e longe do agito. Apesar do idioma principal ser o holandês, a língua inglesa está cada vez mais difundida na cidade. E espere encontrar moradores muito amigáveis e solícitos quando você precisar de alguma ajuda! Essa soma de razões fazem de Amsterdam um destino extremamente convidativo para qualquer turista, que vai se encantar desde o momento em que colocar os pés na cidade. Prepare-se para pedalar e caminhar bastante por lá para explorar tudo como um verdadeiro local. Vamos descobrir juntos o que fazer em Amsterdam? Então leia o artigo do Melhor Câmbio!

Passeio de barco pelos canais da cidade

Pode até ser clichê, mas o passeio de barco pelos mais de 160 canais de Amsterdam é uma das atrações que têm tudo a ver com a cidade! Para quem tem pouco tempo por lá, fazer esse tour é uma boa forma de ver as principais atrações (e olhar de pertinho as famosas casas flutuantes) e conhecer suas histórias. E você ainda pode escolher entre fazer um passeio durante o dia, a noite ou até fazer um jantar à luz de velas! Um programa incrível para quem planeja uma viagem a dois, né? No geral, os cruzeiros oferecem guias de áudio, que vão dando informações sobre a cidade durante o trajeto, e o passeio dura 1h e 15 minutos. São muitas as empresas que oferecem o passeio, entre elas a Blue Boat e a Holland International. O passeio normal custa em torno de 15 euros para adulto e 7 para criança. Já o jantar a bordo do barco pode custar a partir de 59 euros para adultos e 40 euros para as crianças.

o que fazer em amsterdam

A Casa de Anne Frank

Outro grande clássico da cidade de Amsterdam, a Casa de Anne Frank é pura história do início ao fim do passeio. O local, que fica na rua Prinsengracht e hoje funciona como um museu, já foi o esconderijo da menina judia Anneliese Frank, conhecida como Anne, de seus pais, irmã e outras quatro pessoas durante o período da Segunda Guerra Mundial. Depois de passarem escondidos por dois anos em um anexo da casa, eles foram encontrados pelos nazistas em agosto de 1944 e levados a campos de concentração. O diário da jovem ficou na casa, assim como várias fotos, documentos e demais objetos pessoais, que relatam o medo frequente e os efeitos da guerra. Espere sentir emoções fortes lá dentro – e se você tiver fobia de lugares fechados, o passeio não é recomendado, ok? Os ingressos custam 9 euros para adultos e 5 euros para crianças e adolescentes. Você pode adquiri-los com antecedência no site do museu para entrar no local sem precisar enfrentar filas.

o que fazer em amsterdam

Rijksmuseum

O Museu Nacional de História e Arte dos Países Baixos, ou Rijksmuseum, é considerado um dos principais museus de toda a Europa. Localizado na Praça dos Museus, são 80 salas que expõem mais de 8 mil obras! Nelas, você encontra mais de 800 anos da história da arte da Holanda. Entre elas, estão obras de artistas como Rembrandt e Vermeer. Além das pinturas, também há biblioteca, um café incrível no térreo e uma sala de leitura. O ingresso custa 17 euros para adultos e é grátis para crianças e jovens de até 18 anos.

o que fazer em amsterdam

Museu Van Gogh

Outra atração imperdível é o Museu Van Gogh. Aqui, você encontra o maior acervo do pintor impressionista em todo o mundo: são mais de 200 pinturas, mais de 400 desenhos e muitas cartas trocadas com o irmão. E cada fase de vida do pintor pode ser acompanhada através das técnicas que ele usava nas pinturas: a depressão, o corte da orelha, a internação na clínica psiquiátrica e o suicídio. Pinturas muito importantes do artista, como O Quarto, Girassóis e vários autorretratos, estão reunidas no museu. Além do próprio Van Gogh, também há um acervo de artistas impressionistas e pós-impressionistas. Depois da visita ao museu, visite o café no térreo e peça um capuccino. Imperdível!

o que fazer em amsterdam

Museumplain (Praça dos Museus)

Entre os museus Van Gogh, Rijksmuseum e Stedelijk, além da casa de shows Concertgebouw, está a Praça dos Museus, ou Museumplain. O local é um verdadeiro ponto de encontro da cidade e serve como palco para vários festivais e eventos. Sabe aquele monumento “I Amsterdam” que aparece em muitas fotos de viagem? É lá que você vai encontrá-lo! A praça é um local muito agradável de se visitar em todas as estações: nas épocas mais quentes é perfeita para uma caminhada. Já no inverno, o lago que fica bem no meio da praça vira uma pista de patinação. Diversão o ano todo!

o que fazer em amsterdam

Keukenhof

Se você estiver planejando sua viagem a Amsterdam entre março e maio, reserve um tempo no roteiro para ir ao Keukenhof, o incrível parque das flores que fica próximo a Lisse, a 30 quilômetros da capital holandesa. Difícil encontrar quem não tenha se apaixonado por esse lugar: são mais de sete milhões de flores no mesmo lugar! Entre narcisos, tulipas e jacintos, o que o visitante encontra por lá foi planejado com o maior cuidado ao longo do ano. São jardins temáticos que contam com esculturas, fontes e muito mais. Ao chegar no parque, alugue uma bicicleta por 10 euros/dia e faça um passeio pelos campos de tulipa. Para garantir seu ingresso, procure o stand do parque no aeroporto e já compre a entrada, com transporte incluso de ida e volta. De lá, o trajeto dura em torno de 20 minutos.

o que fazer em amsterdam

Bairro da Luz Vermelha

O famoso e polêmico Bairro da Luz Vermelha, ou Red Light District (Rossebuurt em holandês), é uma região que vale a pena conhecer para entender a cultura da liberdade que é tão característica deste país. Nas mediações da Oude Kerk, você encontra janelas com profissionais do sexo literalmente expostas para as ruas, coffee shops que oferecem maconha no cardápio, sex shops e muito mais. Ao contrário do resto do mundo, a Holanda não trata prostituição e o uso da maconha como um tabu. Tanto é que o país decidiu regulamentar as duas práticas. Se você percorrer aquelas ruas durante o dia, vai perceber que por lá passam pessoas de todas as idades. Mas é à noite que as ruas ficam cheias de turistas interessados em conhecer o lado “livre” de Amsterdam.

o que fazer em amsterdam

E aí, ficou curioso para conhecer Amsterdam? Então comece já seu planejamento de viagem: acompanhe a cotação do euro pela ferramenta Euro Hoje, do Melhor Câmbio, para se organizar e comprar moeda estrangeira pelo melhor preço!

Referências: Melhores Destinos | Terminal de Embarque

Imagens: Visualhunt