Voltar

Por Alexandre Monteiro

De todas as cidades faladas aqui no Melhor Câmbio até agora, Los Angeles definitivamente é a mais multicultural de todas: são 4 milhões de habitantes e, destes, metade são imigrantes de todas as partes do mundo! Tanta mistura assim só poderia resultar em uma cidade divertida e que oferece atrações para todos os gostos. Aliás, não vá para lá achando que L.A. (carinhosamente chamada pelos locais) se resume a Hollywood e à Calçada da Fama. Se ouvir de alguém que 2 dias são o suficiente para conhecer a cidade, ignore essa pessoa: a cidade tem muito, mas muito mais a oferecer do que apenas produções cinematográficas. São praias, museus, mercados, vida noturna agitadas, compras, parques de diversão, estúdios de cinema… já imaginou ver tudo isso em apenas dois dias? Impossível! Por isso, reserve um bom tempo para conhecer esta cidade de verdade – e se encantar por ela! Quer saber tudo o que fazer em Los Angeles? Vem com a gente! 🙂

Pier de Santa Monica

Lá em 1909, quando o píer foi construído, o local era somente uma plataforma de madeira e não oferecia nenhuma atração. Com o tempo, a região foi ficando mais e mais famosa, ganhando diversas atrações e, hoje, é um dos principais pontos turísticos de Los Angeles. Para começar, só a vista para o Oceano Pacífico já é uma atração à parte – ainda mais no pôr do sol! Aproveite o passeio para curtir cada ponto da plataforma. Que tal tirar uma foto no ponto onde termina a icônica Rota 66? Ou conhecer o restaurante Bubba Gump Shrimp, inspirado no grande filme Forrest Gump? Mas a principal atração ainda é o Pacific Park, parque de diversões à beira-mar que tem como grande estrela a roda-gigante. Vale a pena assistir ao pôr do sol lá do alto!

o que fazer em los angeles

Venice Beach

Quem disse que Venice tem a maior concentração de gente maluca por metro quadrado não está exagerando. Apesar de Venice e Santa Monica estarem na mesma faixa de areia, você consegue perceber de cara qual praia é qual só pelo clima e pelas pessoas que frequentam cada uma. Em Venice, quanto mais bizarro melhor. Por isso que lá você encontra serviços como o Freak Show, leitura de mãos, balanceamento de chakras, entre outras coisas. O principal é a arte alternativa que você vê nas paredes e em todos os cantos. Não deixe de ver também o Skate Park, um dos lugares mais disputados na praia, e a Muscle Beach, área de ginástica frequentada pela galera fitness.

o que fazer em los angeles

Griffith Observatory

O Griffith Observatory é um dos pontos mais visitados de toda a Califórnia e o observatório público mais visitado em todo o mundo. E isso acontece por uma série de fatores: a paisagem, as atrações, a arquitetura, a vista e muito mais. Por dentro, um planetário com exposições incríveis sobre astronomia e ciência no geral. Entre as atrações expostas, estão uma tabela periódica feita com todos os elementos de verdade e uma mostra de meteoritos. Se você é um amante da astronomia, também pode participar de um programa avançado oferecido no local, como a Public Star Party e a Sunset Walk, que acontecem uma vez por mês.

Por fora do prédio, outra atração imperdível: a vista. Como o Griffith Observatory fica no Monte Hollywood, a famosa placa fica bem próxima de lá e você pode conferir de perto. Reserve um fim de tarde para curtir a cidade lá do alto e assista ao pôr do sol por lá. Não esqueça de levar um lanche e fazer um piquenique no jardim! Vale ficar um pouquinho à noite também, para ver as luzes da cidade e observar as estrelas.

o que fazer em los angeles

Grand Central Market

Localizado em Downtown LA, região super importante para a cultura e o comércio de Los Angeles, está o Grand Central Public Market, um grande mercado público que é um grande reflexo da diversidade da cidade que falamos no início deste artigo. Lá, você vai encontrar mexicanos comendo em um restaurante chinês, imigrantes tailandeses almoçando um churrasco havaiano e europeus se deliciando com kebabs da Turquia. Tudo de uma forma natural – como deveria ser. Por ser um mercado público, não espere encontrar um local de luxo. Porém, se você se interessa por gastronomia, é o lugar ideal para ter uma experiência internacional de verdade. E tudo isso por um preço acessível e feito com ingredientes fresquinhos e de qualidade. Quando visitar os museus de Downtown, aproveite para almoçar por lá. Imperdível.

o que fazer em los angeles

LACMA: Los Angeles County Museum of Art

O maior museu de arte da Costa Oeste é referência tanto no seu acervo como na arquitetura do seu prédio. O LACMA, Los Angeles County Museum of Art, possui uma área de 200 mil metros quadrados, distribuídos entre nove pavilhões. Entre as obras do acervo permanente, estão artes de todas as épocas e lugares. Desde obras feitas em 10 mil anos a.C, até as criações mais recentes. E os artistas? Espere encontrar nomes como Cezànne, Rembrandt, Monet, Renoir, Picasso, Frida Kahlo, Andy Warhol e muitos outros. Definitivamente é um acervo incrível – mas as obras mais procuradas estão no exterior do museu. São duas: a Urban Light, de Cris Burden, e a Levitated Mass, de Michael Heizer. A primeira é uma grande junção de postes de luz, que são cenário para belas fotos. A segunda é uma pedra de 340 toneladas que está posicionada em cima de uma passarela. Os visitantes podem passar por baixo, o que causa curiosidade e medo em quem visita o local. Além de tudo isso, o centro ainda oferece shows de jazz toda sexta, mostras de cinema e eventos alternativos. Consulte a programação e escolha um dia com o melhor roteiro!

o que fazer em los angeles

Ficou com vontade de conhecer a Cidade dos Anjos? Então comece já a planejar sua viagem com o Melhor Câmbio. Dê uma pesquisada no histórico da cotação do dólar, crie um alerta para ser avisado quando o valor baixar e negocie diretamente com as casas de câmbio. Tudo isso para você economizar como nunca na compra da moeda estrangeira e aproveitar sua viagem internacional ao máximo. 😉

Referências: Melhores Destinos

Imagens: Visualhunt