Voltar

Por Alexandre Monteiro

Durante a última década, viajar para comprar o enxoval de bebê nos EUA se tornou uma prática cada vez mais comum entre os brasileiros. Isso porque o valor de roupas, carrinhos e babás eletrônicas sempre foi muito diferente lá do que o praticado aqui no Brasil. Porém, nos últimos dois anos vimos o dólar atingir cotações muito altas e, até hoje, oscilar bastante sem alcançar uma estabilidade. Diante desta situação, muitas mamães e papais estão se perguntando se ainda compensa sair do país para fazer as compras do bebê. Por isso, criamos este artigo aqui no Melhor Câmbio para ajudar os futuros papais a decidirem a melhor opção para montar o enxoval do bebê.

enxoval de bebê nos eua

O que deve se levar em conta?

Comprar itens para o bebê aqui no Brasil pode sair bem caro não apenas por causa do dólar alto, mas também pela carga tributária incidida sobre os itens. Por outro lado, comprar tudo lá fora também é arcar com passagem, hospedagem, alimentação, transporte, etc… Logo, é importante colocar tudo na ponta do lápis para ver o quanto viajar realmente compensa para você. Anote todos os gastos e já faça uma lista dos itens que deseja comprar. Compare os preços do Brasil e dos EUA, some tudo e veja quanto dá o total para cada situação (comprar no Brasil x comprar nos EUA). Assim, você não perde tempo nem dinheiro em nenhuma das opções que escolher.

Caso você já esteja de viagem marcada para o exterior, vale aproveitar para trazer todos os produtos que estiverem com um precinho melhor. Carrinho, babá eletrônica, produtos de saúde e higiene… a lista é longa e existem opções de várias faixas de preço. Mas se você procura variedade de produtos de alto padrão, vale mais a pena fazer a viagem ao exterior para comprar. Um carrinho de bebê que custaria cerca de 4 mil reais no Brasil, por exemplo, custa 500 dólares nos EUA. Realizando a conversão, o valor sairia em torno de 1600 reais. Aí é que se encontra a maior vantagem de realizar as compras fora: vários dos itens do enxoval são de marcas mais caras, mas de boa qualidade. No total, o enxoval pode sair até um terço mais barato do que no Brasil, composto por itens de garantia.

Quem quer economizar, mesmo optando por fazer a viagem, é bom ficar atento aos descontos. Nos Estados Unidos, existem liquidações temáticas em diversas épocas do ano, como o Memorial Day e o Independence Day. Pesquise quais são e planeje sua viagem para um desses períodos. Invista também nas épocas de baixa temporada – de março a maio e de agosto a novembro. Além disso, preste atenção no estado onde você vai comprar. Dependendo de onde for, o imposto estadual pode sair mais barato ou mais caro (Flórida é mais barata que Nova York, por exemplo). Não esqueça também de incluir o IOF nas compras realizadas com cartão de crédito!

O que compensa comprar no exterior?

→ Carrinho de bebê: este é o principal item e o mais frequente nas listas dos papais e mamães que vão montar seu enxoval de bebê nos EUA. E também é o produto com maior diferença de preço entre aqui e lá. Mas isso só vale para as marcas mais caras. Se o carrinho que você pretende comprar é de marca popular, a diferença acaba ficando pequena e não compensa o esforço de levar para o Brasil.

→ Bebê conforto: outro item da lista de produtos mais caros do enxoval, costuma ter um preço de, em média, 200 dólares nos EUA; enquanto aqui no Brasil ele sai por até 2 mil reais.

→ Babá eletrônica: um modelo comprado aqui no Brasil pode sair por R$1800, enquanto nos Estados Unidos ele sai por US$ 190. Muita diferença!

→ Bomba de tirar leite: esse produto realmente custa caro no Brasil e tem uma diferença bem grande comparando com o valor lá fora. Mas não é um item essencial e é bom ver se realmente compensa levar. Caso a mãe tenha dificuldades para amamentar, por exemplo, não vai usar o produto e ele não terá utilidade.

→ Roupas: aqui, não importa a marca nem a qualidade, os preços saem bem mais baixos em qualquer peça. Para fazer a festa!

→ Itens para refeições: copos, talheres, mamadeiras, pratos, potinhos… Todos esses itens também são bem melhores de comprar no exterior do que por aqui, principalmente pela variedade de modelos, que não existe no Brasil.

→ Produtos de higiene: vale a pena pelo valor e pela variedade de produtos, dois fatores que são muito melhores nos EUA do que no Brasil. Apesar disso, cuide a quantidade que vai trazer na mala para não ficar muito pesada!

enxoval de bebê nos eua

O que NÃO compensa comprar no exterior?

→ Kit berço e itens de decoração: nessa área, o Brasil se sai bem melhor. Os modelos são mais bonitos, possuem ótimos preços e podem ser customizados. Nos EUA, você só encontra aqueles produtos prontos de sempre.

→ Berço portátil: esse item não tem muita diferença de valor entre os Estados Unidos e o Brasil. Compensa trazer um produto grande e pesado desses? A gente acha que não!

→ Móveis: os valores nos EUA são muuito melhores, mas como que fica a logística? Algumas pessoas arriscam trazer para o Brasil através de uma transportadora e pagar todos os impostos devidos na alfândega. Nesse caso, é bom calcular bem para ver se realmente vale a pena.

Onde comprar?

As cidades americanas mais visitadas pelas mamães e papais que querem montar o enxoval dos seus pimpolhos são Nova York, Miami e Orlando. Nas três, você encontra uma variedade bem grande de lojas especializadas nos produtos para bebês. As principais redes de lojas são: Babies R US e Buy Buy Baby, que vendem de tudo, e a Carter’s, que vende mais roupas.
Também é possível encontrar promoções incríveis e uma variedade absurda de produtos pela internet, em sites como a Amazon. Isso é ótimo porque você pode comprar sem sair de casa nem caminhar horas para encontrar o que você quer! Porém, se você quiser que o produto seja entregue no Brasil, tenha certeza de que o vendedor faz a entrega para cá e se o valor total não fica muito mais caro do que comprando presencialmente.

Outra parte muito importante no planejamento de quem está montando o enxoval do bebê no exterior é a cotação do dólar. Com o Dólar Hoje, você pode dar uma olhada no histórico dos últimos 3 meses, além de acionar um alerta que avisa quando a cotação cai. Perfeito para conseguir comprar ainda mais produtos para seus pequenos!

Referências: Finanças Femininas | Bebê.com.br

Imagens: Visualhunt