Voltar

Por Alexandre Monteiro

As pessoas tendem a deixar seus desejos de viagem em stand by porque acham que é difícil conseguir os recursos financeiros para concretizá-los. Com os preços das passagens aéreas, resorts e restaurantes, não é surpresa saber que muita gente acredita que viajar é um sonho distante.

Mas a verdade é que uma viagem pode ser extremamente barata se você estiver disposto a abrir sua mente e mudar sua maneira de pensar. Se você puder considerar algumas opções que antes não havia pensado, eis aqui algumas dicas para fazer a viagem caber no seu orçamento. Confira:

1) Viaje com um pequeno grupo: Grandes grupos de pessoas viajando juntas podem ser o início de um pesadelo, mas desbravar cidades com um pequeno grupo, de três ou quatro pessoas, pode ser uma experiência interessante e, ao mesmo tempo, econômica. Com mais pessoas, você pode dividir custos que vão fazer diferença no seu orçamento final. O valor de uma viagem de carro, por exemplo, que inclui despesas com gasolina, manutenção, hotéis e comida, pode ser facilmente dividido em até 5 pessoas.

2) Não exagere nos gastos: Se você fizer cada passeio pensando que é uma grandiosa viagem, você está bem mais propenso a gastar muito dinheiro. Não fale para si mesmo que você “merece” um restaurante caro para cada refeição, o quarto mais caro do hotel ou drinks caríssimos na boate. Se quer viajar mais e fazer coisas que realmente importam ao conhecer um novo destino, tente não exagerar nos gastos.

backpacker-standing-on-desert-and-looking-at-mountains

3) Seja intencionalmente simples: Além de não exagerar nas despesas, durante uma viagem você deve ser intencionalmente simples na hora de gastar. Se você viajar para Londres e Escócia com apenas 400 dólares no bolso, saiba que dá para voltar com 200. Como? Vá em um supermercado e compre vários lanchinhos baratos que podem “render” durante o dia inteiro, fazendo você economizar com grandes refeições em restaurantes. Visite só os museus de entrada gratuita e gaste apenas em itens que você realmente deseja. Você terá aproveitado bastante, sem gastar demais

4) Vá a lugares onde você conhece pessoas: Já pensou em visitar aquela prima de segundo grau que mora em Miami? Se sim, você já seguiu essa regra. Hotéis podem ter um custo altíssimo durante uma viagem, então cortar essa despesa ficando na casa de alguém que você conhece é uma ótima opção.  Até aquele amigo que você conheceu na escola e está morando em uma pequena cidadezinha da Alemanha! Um lugar grátis para ficar em um destino novo pode ser interessante se você der a você essa chance.

5) Procure por cupons e descontos: Se vai tirar férias, procure em todos os sites de cupons de desconto e compras coletivas. Você conseguirá bons preços desde as passagens aéreas e diárias de hotel até aluguel de carro e passeios turísticos. Invista horas pesquisando isso na internet – vai valer a pena, pois as economias podem ser bem grandes.

6) Experimente métodos alternativos de viagem: Essa dica não é para todo mundo, mas com certeza vale a pena checar. Aliás, algumas pessoas preferem métodos alternativos pois ressignificam uma viagem, sentindo-se mais livres, interessantes e gratificados. Além disso, esses métodos levam a uma viagem mais barata. Tente maneiras de ficar em algum lugar de graça, como no Couchsurfing, por exemplo, um site que oferece hospedagem gratuita e conecta viajantes em todo o mundo. Há também a possibilidade de trocar a estadia por trabalhos voluntários.


Imagens: VisualHunt
Fonte: Huffington Post