Voltar

Por Alexandre Monteiro

O magnífico deslumbramento de assistir uma cachoeira esbanjando água pedras abaixo é suficiente para fazer a pessoa menos ligada à natureza ficar com os olhos brilhando, seja avistando-a de longe, durante uma viagem, por exemplo, ou explorando-a de fato: fazer trilha, escalar as pedras do entorno ou mesmo se refrescando debaixo de uma.

Veja algumas das mais maravilhosas quedas naturais d’água pelo mundo e escolha qual delas será sua próxima aventura! Preste atenção no grau de dificuldade, que varia de 1 (mais fácil) a 5 (mais difícil).

Angel Falls, em Auyantepui (Venezuela) – Grau de dificuldade: 5

2669333942_4b6350f85c_b

Caindo do topo da montanha de Auyantepui, na Venezuela, as Angel Falls são as mais altas das quedas d’águas initerruptas do mundo, com 979 metros de altura. Situado no Parque Nacional de Canaima, esta é uma das atrações turísticas mais conhecidas do país, apesar de ser bem difícil chegar até lá. Você precisa pegar um voo de Puerto Ordaz ou Ciudad Bolívar para alcançar o ponto inicial, a partir do qual você viaja pelo rio, acompanhado de guias nativos, que trabalham neste serviço entre os meses de junho e dezembro.

Shoshone Falls, em Twin Falls (EUA) – Grau de dificuldade: 1

15274628901_8d78ca4318_c

Aprecie a majestade desta parede d’água de 304 metros de largura de dentro do conforto do seu carro, com o acesso via estrada de dentro do Parque das Shoshone Falls ao longo do rio Snake. A queda d’água do alto de 64 metros fazem desta cachoeira uma das mais poderosas dos Estados Unidos. Se quiser explorar ainda mais belezas naturais, continue dirigindo e você descobrirá várias outras cachoeiras menores, mas não menos bonitas, pelo caminho.

Niagara Falls, na fronteira entre Nova York (EUA) e Ontario (Canadá) – Grau de dificuldade: 2

niagara-falls-new-york-usa-cascade-water-foam

As mais famosas cachoeiras da América do Norte são um destino turístico há muitos anos na fronteira entre os Estados Unidos e o Canadá – praticamente uma Disney das quedas d’água. Coloque na mala sua capa de chuva para a viagem de barco que leva você diretamente até a base das cachoeiras. Do lado canadense, você verá outras dezenas de atrações divertidas, como cassinos e roteiros turísticos de vinhos.

Taughannock Falls, Nova York (EUA) – Grau de dificuldade: 2

9242297193_65170da01b_c

Parte da região dos Finger Lakes, no centro de Nova York, esta beleza natural tem uma queda d’água de 65 metros de altura, sendo uma das cachoeiras mais alta do leste das Rocky Mountains. Quando cansar de ver seu espetáculo (o que é difícil), aproveite para fazer outras atividades dentro do Parque Estadual de Taughannock, como escaladas, trilhas, pesca, patinação e esqui.

Sutherland Falls, Fiordland (Nova Zelândia) – Grau de dificuldade: 4

4465062063_804afaab81_b

Dado o fato de que é uma localização remota nos confins do Parque Nacional Fiordland (considerado pelas Nações Unidas patrimônio mundial), na Nova Zelândia, é preciso um pouco mais de espírito aventureiro para alcançar esta cachoeira de 580 metros. Mas vale totalmente a pena.

Dettifoss, Vatnajökull (Islândia) – Grau de dificuldade: 1

14812631168_3b797306c9_c

A mais poderosa cachoeira da Europa tem 91 metros de largura e 45 de altura – a água cai dentro do cânion de Jökulsárgljúfur (sim, o nome é bem complicado de falar!). O acesso é fácil, por uma rodovia pavimentada, mas é melhor você apreciá-la de uma distância mais segura, uma vez que a velocidade média do curso da água é de 692 km/h.

Bridal Veil Fall, Califórnia (EUA) – Grau de dificuldade: 1

14136821983_daa8f99ff6_c

Uma caminhada curta leva até a base desta cachoeira de 188 metros de altura, permitindo uma vista bem aproximada da queda d’água. É a primeira que você verá ao entrar no vale Yosemite. O período mais bacana para apreciá-la é a primavera, quando a neve derrete e faz com que a água seja ainda mais abundante. Mas, claro, vale a pena visitar o local em qualquer data do ano.

Victoria Falls, no rio Zambeze, fronteira entre Zimbabwe e Zâmbia – Grau de dificuldade: 5

14349822637_646d8b5bf2_c

Rainha absoluta, as cataratas de Victoria são a mais larga cachoeira do mundo. Situada no rio Zambezi, na fronteira entre Zâmbia e Zimbabwe, a massiva queda d’água tem seu auge de poder em abril, com o pico da estação chuvosa. Se está se sentindo aventureiro, o local é um dos mais especiais do planeta para a prática de rafting.

Waimoku Falls, Havaí (EUA) – Grau de dificuldade: 3

7275867620_8cdc6ba498_c

Leve suas botas de escalada, mas não esqueça a roupa de banho. Ambos são itens necessários para explorar essas cataratas de 121 metros de altura, dentro do Parque Nacional Haleakala, em Maui, segunda maior ilha havaiana. A paisagem da trilha de 6 quilômetros inclui florestas de bambu, montanhas vulcânicas e uma linda vegetação. Leva duas horas, mas vale cada segundo.


Imagens: VisualHunt e Flickr
Fonte: Margaritaville Blog