Cartão pré-pago ou de crédito: qual levar?

Foto_cartões_pré-pago_crédito

É com larga vantagem que o uso de cartões é preferência pelos turistas quando o assunto é segurança. Em qualquer ocorrência basta pedir o bloqueio para evitar que outra pessoa desfrute das suas economias em outro país. E ao obter um novo, não há perda de saldo. Mas este não é o tipo de lembrança que se deseja ter de uma viagem. A fim de se precaver, melhor considerar as formas de se consumir em moeda estrangeira. Cartões pré-pago e de crédito têm, cada um, suas vantagens e desvantagens, confira:

Pré-pago

Este tipo de cartão pode ser adquirido em qualquer banco, casas de câmbio e empresas especializadas. Vale considerar se ele vem com uma das bandeiras mais aceitas, como Visa, Mastercard e American Express. Há uma cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), de 6,38%. “A operadora do cartão pré-pago cobra saques em dinheiro no exterior e taxas de administração”, explica o professor do curso de pós-graduação em Controladoria e Finanças do Senac, Roberto Kovacsik. Ele comenta que não existe um limite para compras com este cartão, mas sim para o saque nas redes das bandeiras das operadoras.

O valor é debitado na moeda do país e convertido automaticamente pelo câmbio na data da transação.

A principal diferença do pré-pago para o cartão de crédito se dá quando a viagem é planejada. Ao garantir a compra da moeda nas melhores cotações – seja em dias de baixa ou negociado com casas de câmbio – o valor de recarga compensará mais do que a surpresa da fatura do cartão de crédito.

Crédito

Como o próprio nome diz, esta modalidade de compra nada mais é do que um empréstimo. Você adquire poder de compra e paga depois por ele. Para uma viagem é mais confortável a ter que pensar nas finanças a todo instante e assim, desfrutar de cada momento. O limite de crédito no cartão vai depender da sua relação com o banco ou a operadora.

Entretanto, tal vantagem tem seu preço, tanto em tarifas como no câmbio. O cartão de crédito tem a mesma tarifa de IOF que o pré-pago, de 6,38%.

Antes de viajar é importante conversar com o seu gerente, pois é ele quem habilitará o cartão de crédito na modalidade internacional, como é ele também quem poderá aumentar o limite de crédito conforme a sua necessidade,

explica o professor. Ele diz ainda que conforme for o acordo com o banco, as taxas podem ser isentas. Por isso, vale negociar.

As compras são feitas na moeda local e convertidas pela taxa de câmbio em dólares (confira a cotação do dólar hoje). “E o pagamento do cartão é feito em reais convertidos pela taxa de câmbio no dia do vencimento da fatura”, acrescenta o professor. Esta é a desvantagem do cartão de crédito. Kovacsik explica que, por haver a possibilidade da taxa de câmbio subir, o valor da fatura pode ser maior em reais do que na data da compra.

A alternativa para compensar tais despesas é utilizar programas de milhagens oferecidas no cartão e verificar também a inclusão do seguro-viagem, quando habilitado internacionalmente. E depois é importante informar o retorno ao país, a fim de evitar fraudes com o seu cartão.


Imagem: morgueFile

 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Posts Relacionados

É comum, entre os brasileiros, procurar mercadorias em outros países para adquiri-las por um melhor custo-benefício. Algumas pessoas investem em produtos de fora, no sentido de revender com um...

Quando realizamos alguma transação financeira, é comum a cobrança de IOF. Trata-se de um imposto muito conhecido, mas nem sempre bem compreendido pelas pessoas. Como impostos nem sempre são...

Toda empresa deseja melhorar os seus resultados. Mas, afinal de contas, para se manter em um nível competitivo, crescer e gastar menos é necessário escolher a forma correta de...

É comum, entre os brasileiros, procurar mercadorias em outros países para adquiri-las por um melhor custo-benefício. Algumas pessoas investem em produtos de fora, no sentido de revender com um...

É comum, entre os brasileiros, procurar mercadorias em outros países para adquiri-las por um melhor custo-benefício. Algumas pessoas investem em produtos de fora, no sentido de revender com um...

Quando realizamos alguma transação financeira, é comum a cobrança de IOF. Trata-se de um imposto muito conhecido, mas nem sempre bem compreendido pelas pessoas. Como impostos nem sempre são...

Toda empresa deseja melhorar os seus resultados. Mas, afinal de contas, para se manter em um nível competitivo, crescer e gastar menos é necessário escolher a forma correta de...