O que é IBAN? Saiba o que é e como encontrar!

iban-swift-codigo

Por muitas vezes, é necessário realizar uma transferência de dinheiro, ou fazer algum outro trâmite financeiro internacional. Quanto a este assunto, muitas pessoas ainda têm dúvidas. 

Quando se fala em assuntos bancários internacionais, especialmente na realização de transferências, o termo IBAN logo aparece. Esse termo refere-se a um número identificador que permite as tais transações internacionais.

Assunto interessante, não é mesmo? Se você quer saber mais sobre o que é IBAN e como encontrar este código, continue lendo o texto.

O que é IBAN?

Antes de mais nada, é necessário definir exatamente o que é o IBAN para então falar como é possível desfrutar de suas facilidades.

IBAN é uma sigla que vem do inglês, para International Bank Account Number (número internacional de conta bancária, em tradução livre). Este número presta-se como um identificador padrão para a realização de transferências internacionais de fundos. 

O IBAN, portanto, identifica contas bancárias mantidas no Brasil e padroniza a forma com que elas se comunicam com os serviços bancários no exterior. 

Desde 1997, o código IBAN já era amplamente utilizado pelos países da Europa em transferências bancárias. Exatamente pelo fato de facilitar a comunicação entre bancos e instituições financeiras, a adesão a este sistema cresceu bastante. 

A regulamentação oficial no Brasil aconteceu no ano de 2013, através da Circular nº 3.625, do Ministério da Fazenda e Banco Central do Brasil.

Este código é único para cada conta. Sua utilização diminui a ocorrência de possíveis erros na hora de se transferir dinheiro internacionalmente e facilita o processo.

Como é sua composição?

Agora que você já sabe o que é o código IBAN, vamos dar uma olhada em sua composição. 

O referido código é bem extenso, constituído de 29 carácteres alfanuméricos, para números de IBAN brasileiros. Apesar de serem muitos dígitos, há um padrão para sua composição. 

Confira, abaixo, um exemplo de código e a explicação de como é realizada sua composição.

BR 11 22222222 33333 4444444444 A5

  • os dois primeiros são duas letras, que fazem referência ao código do país;
  • os próximos dois carácteres são o número de controle do código;
  • segue-se dos oito dígitos referentes ao código identificador do banco ou instituição financeira;
  • após, há o código da agência bancária, com cinco dígitos;
  • os próximos dez números referem-se ao número da conta bancária e o dígito;
  • para terminar, há dois dígitos de controle: um caractere alfanumérico que identifica o tipo de conta e outro que identifica onde se encontra o indivíduo como titular da conta (1º titular, 2º titular, e assim por diante).

Deste modo que se dá a formação do número internacional de contas bancárias no Brasil.

Como conseguir?

Agora que você já sabe exatamente o que é IBAN e qual sua composição, vamos falar sobre como você pode conseguir este código. Já podemos adiantar que é uma tarefa bem simples.

Este número deve ser fornecido por todas as instituições financeiras a seus clientes, de acordo com a Circular nº 3.625, de 2013. Ou seja, você pode pedir diretamente a seu gerente que consulte o número de IBAN da sua conta. 

Além disso, é possível, a depender do seu banco, que este código fique disponível nos serviços de internet banking. Vale a pena dar uma olhada!

E, caso você prefira, há uma forma de achar o código de IBAN referente à sua conta bancária sem nem mesmo ir ao banco. Através do site IBAN Generator, você insere algumas informações e o software te provém com o seu código.

No site, é necessário inserir o número da agência (sem o dígito verificador), o número da conta bancária (desta vez, com o dígito verificador) e identificar a sua instituição financeira.

O que é SWIFT?

Vale ressaltar que, para além do IBAN, também há outros códigos que são precisos em transferências internacionais, para adequada identificação da sua conta bancária. Um deles é o código SWIFT.

Este código vem da expressão inglesa Society for Worldwide Interbank Financial Telecommunication (Sociedade de Telecomunicações Financeiras Interbancárias Mundiais). 

O SWIFT é um código que tem o objetivo de identificar as instituições financeiras no âmbito internacional. Tornando viável, portanto, as transações internacionais entre bancos de diferentes países.

Este código, também conhecido como BIC, é formado por um mínimo de 8 e um máximo de 11 caracteres. Confira abaixo um exemplo e sua explanação.

AAAA BB CC DDD

  • as primeiras quatro letras referem-se ao código da instituição financeira;
  • depois, duas letras correspondentes ao código do país;
  • em seguida, dois caracteres alfanuméricos representando a região;
  • finalmente, três caracteres alfanuméricos que se referem ao número da agência bancária.

O SWIFT é um código que também deve ser utilizado na hora da realização de transferências internacionais. Para obtê-lo, a melhor opção é pedir ao seu gerente que o verifique para você. Como alternativa, o site TheSWIFTCodes pode ajudar. 

Quais são as diferenças entre IBAN e SWIFT?

Como já vimos, tanto IBAN quanto SWIFT são códigos que ajudam e facilitam na hora de se transferir dinheiro internacionalmente.

Apesar de os dois códigos terem, aparentemente, o mesmo objetivo, eles na realidade têm funções distintas. 

O IBAN, como mencionamos, presta-se a representar e identificar com precisão os dados da conta. Evitando, portanto, erros na hora de se realizar uma transferência internacional.

Já o código SWIFT, por sua vez, é uma forma de identificação e conexão das instituições bancárias no contexto internacional.

É possível transferir dinheiro para outro país com o IBAN?

A resposta é sim. Por ser um código identificador, o IBAN (juntamente com o SWIFT) permite a correta identificação de sua conta bancária e, através disto, a efetivação da transferência monetária internacional. 

As regras variam de banco para banco, por isso é válido conferir com o seu gerente como são realizadas transferências internacionais com a sua instituição.

Não é toda vez que as instituições financeiras exigem o código IBAN ou SWIFT na hora das transferências. Pode ser solicitado outras apenas um ou apenas outro. Mas é importante ter ambos em mãos caso você pretenda fazer esse tipo de transação.

Saber sobre os códigos IBAN e SWIFT é o primeiro passo para realizar uma transferência internacional. Para quem deseja realizar os serviços bancários com tranquilidade e da forma mais segura possível, este conhecimento é indispensável.

Este é um assunto importante para quem realiza transferências internacionais com frequência. Gosta de nossas dicas? Temos mais conteúdo para você aproveitar. Cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro de vários assuntos sobre finanças, moedas estrangeiras e temas afins.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on whatsapp

Posts Relacionados

Quando realizamos alguma transação financeira, é comum a cobrança de IOF. Trata-se de um imposto muito conhecido, mas nem sempre bem compreendido pelas pessoas. Como impostos nem sempre são...

Toda empresa deseja melhorar os seus resultados. Mas, afinal de contas, para se manter em um nível competitivo, crescer e gastar menos é necessário escolher a forma correta de...

Novidades são sempre bem-vindas, não é mesmo? A Skrill é uma plataforma relativamente nova no mercado financeiro do Brasil. E assim como toda carteira digital, há uma gama de...

Quando realizamos alguma transação financeira, é comum a cobrança de IOF. Trata-se de um imposto muito conhecido, mas nem sempre bem compreendido pelas pessoas. Como impostos nem sempre são...

Quando realizamos alguma transação financeira, é comum a cobrança de IOF. Trata-se de um imposto muito conhecido, mas nem sempre bem compreendido pelas pessoas. Como impostos nem sempre são...

Toda empresa deseja melhorar os seus resultados. Mas, afinal de contas, para se manter em um nível competitivo, crescer e gastar menos é necessário escolher a forma correta de...

Novidades são sempre bem-vindas, não é mesmo? A Skrill é uma plataforma relativamente nova no mercado financeiro do Brasil. E assim como toda carteira digital, há uma gama de...